Política de Investimentos

A Política de Investimentos compreende um conjunto de diretrizes e medidas que norteiam a gestão de longo prazo dos ativos dos planos de benefícios. Combina aspectos de filosofia de investimentos e de planejamento, tendo por pano de fundo o conceito de equilíbrio e perenidade dos planos de benefícios, e visa mitigar a ocorrência de desequilíbrios por meio do estabelecimento de uma composição de ativos que otimize a relação entre risco e retorno da carteira, em consonância com os objetivos do Fundo.

Esta Política é composta por elementos que compreendem a missão do Fundo, a definição de tolerância ao risco, os objetivos de investimento, a política de composição de ativos, a estrutura de gestão de investimentos e a avaliação de desempenho. A partir destes fatores é possível construir um conjunto coerente de diretrizes, que permitem uma gestão de investimentos de longo prazo e com conteúdo estratégico. Com isso, a aplicação de recursos da Entidade objetiva a maximização da rentabilidade dos seus ativos para constituir reservas suficientes para pagamento do seu passivo atuarial, considerando os fatores de risco, segurança, solvência e liquidez.

A política de investimentos é de caráter obrigatório, conforme determina a Lei nº 9.717/98, art.1º, § único e 6°, IV e VI; Portaria nº 519/2011, art.1º; Portaria nº 204/2008, art. 5º, XV.

Ano Responsável pela elaboração Anexos
2014 Conselho Deliberativo e Comitê de Investimentos do IPS/SMJ Download
2015 Conselho Deliberativo e Comitê de Investimentos do IPS/SMJ Download
2016 Conselho Deliberativo e Comitê de Investimentos do IPS/SMJ Download
2017 Conselho Deliberativo e Comitê de Investimentos do IPS/SMJ Download
2018 Conselho Deliberativo e Comitê de Investimentos do IPS/SMJ Download
2019 Conselho Deliberativo e Comitê de Investimentos do IPS/SMJ Download